EDIÇÃO 9 » FIQUE POR DENTRO

Combate mano a mano: Aaaaaaaa Disseca a Gama de Mãos de Seu Oponente e Executa um Blefe no River


Craig Tapscott

Quer estudar mãos reais de poker com os jogadores de maior sucesso da Internet? Nesta série, a Card Player oferece análises de mãos com os maiores talentos do poker online.

Vilão dá raise de 1.000 do UTG+1 1.000; aaaaaaaa aumenta para 2.650, do button, com 97.

Craig Tapscott: Nesse instante, o que passava pela sua cabeça ao voltar um reraise em posição?
Daryl “aaaaaaaa”Jace:
Eu aumentei a aposta porque julguei meu oponente um jogador fraco que desistiria muitas vezes diante de meus raises pré-flop. Se ele pagasse, eu saberia que poderia ganhar dele depois do flop. E ambos temos mais de 600 big blinds restantes, o que nos dá muito espaço para jogar.
Vilão logo paga.
Flop: 1043 (pote de 6.350)
Vilão pede mesa; aaaaaaaa também.

CT: Por que não continuar a apostar se você achava que ele era um jogador fraco?
DJ:
Eu decidi não apostar porque as únicas mãos com as quais ele poderia pagar tão depressa como ocorreu pré-flop seriam Q-Q, J-J, 10-10, 9-9 e, talvez, 8-8. A razão de eu não incluir outras mãos prováveis é porque ele teria de cogitar desistir ou voltar reraise com elas. Ele não dar insta-call com elas. Se eu apostasse, seria pouco provável que ele desistisse.

Turn: J (pote de 6.350)
Vilão pede mesa; aaaaaaaa aposta 3.300.

CT: O que você esta tentando definir com essa aposta, a gama de mãos com as quais ele pagaria?
DJ:
Eu fiz uma aposta modesta, com base nas mãos prováveis que eu supus que ele tinha, e também porque ele demonstrou fraqueza. Se ele tivesse um flush ou uma trinca, não desistiria, independente do quanto eu apostasse. Eu também duvido que ele largasse Q-Q, 9-9 ou 8-8 se houver uma carta de paus entre elas. As mãos que eu estou tentando fazer com que ele descarte são aquelas que não contêm paus.
Vilão paga 3.300.
River: A (pote de 12.950)

CT: Ele poderia ter pagado com A-Q ou A-J pré-flop, tendo o A?
DJ:
Eu concluí que ele não poderia ter o A, pois é provável que largasse A-Q pré-flop. E, ainda que ele decidisse pagar com essa mão antes do flop, tomaria mais tempo para fazer isso. Esse foi meu instinto. Mesmo que ele pagasse tão depressa com A-Q ou mesmo A-J com o A, ele provavelmente agiria diferente no turn ou river. A única outra mão com o A seria um par de ases, coisas que eu não acho que ele tem, pois ele não pagaria, acho que voltaria reraise.
Vilão pede mesa; aaaaaaaa coloca 10.000.

CT: Explique seu raciocínio nessa aposta quase do tamanho do pote.
DJ:
Eu acho que, diante de uma aposta grande assim, ele desistiria de um flush com rei em uma percentagem decente das vezes, principalmente porque isso transforma a mão dele em um detector de blefes. Achei que precisava fazer uma aposta grande aqui, que tomasse grande parte do stack dele. Isso faz com que ele desista da mão na maior parte das vezes. É obvio para ele que eu jamais faria uma aposta pelo valor, mesmo tendo o flush com o rei, por 10.000 nesse river. Se a situação fosse contra um bom jogador, eu não tentaria esse blefe.

CT: Por quê?
DJ:
Um oponente experiente teria um processo mental diferente: “Hmm... a única mão que aaaaaaaa poderia apostar pelo valor seria o A, e esse seria um bom momento para blefar nesse pote”. Um jogador sábio pagaria com muito mais freqüência.

Vilão desiste; aaaaaaaa leva o pote de of 12.950.
Daryl Jace, de 20 anos, é um jogador de poker profissional recém-casado e com um bebê a caminho. Ele já ganhou mais de $1 milhão jogando torneios online. Recentemente, ganhou o Main Event do Full Tilt Poker’s Sunday, que lhe rendeu $385.937.




NESTA EDIÇÃO



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2018. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123
LEIA TAMBÉM!×