EDIÇÃO 113 » ESPECIAIS

Sierra de Gigantes

O ano de ouro do Sierra Poker Sports


Marcelo Souza

No início deste ano, na edição de maio da Card Player Brasil, trouxemos uma matéria exclusiva sobre o nascimento da Minas Poker League (MPL), uma liga de times de poker, formados pelos melhores jogadores da Minas Poker Series (MPS), uma das principais séries estaduais do Brasil. Pouco mais de sete meses se passaram e, como dizemos no jargão do poker, sem surpresa, o embrião tomou forma, corpo de gente grande. 

Em um ano inesquecível para o Sierra Poker Sports, MPS e MPL se complementaram. O sucesso absoluto do “filho mais velho” do Sierra serviu de trampolim para o mais novo integrante da casa. 


MINAS POKER SERIES

A tradicional Minas Poker Series alcançou números incríveis em 2016, com Bráulio Bianchetti sagrando-se Campeão Mineiro ao final das oito etapas da série. Ele conseguiu números incríveis durante ano, que lhe renderam um carro 0 km no valor de R$ 30.000. Foram 11 mesas finais, nove pódios e cinco cravadas, sendo uma delas a 2ª etapa do Main Event.

Francisco Morais, vice-campeão do ranking, também teve motivo de sobras para comemorar. Mesmo não chegando ao título, ele pontuou em todas as etapas e anotou 18 ITMs e 13 mesas finais, um recorde que foi premiado com uma moto de R$ 15.000.

E para quem vai jogar o MPS ano que vem, um desafio: igualar o feito inédito de Rafael Dutra. Ele venceu por duas vezes o Main Event da série e se consolidou como um dos grandes jogadores do circuito. Mesma situação de Rodrigo Chiab, o “Joelhada”, que dominou o ranking de Pot-Limit Omaha e se tornou o primeiro Campeão Mineiro da modalidade.

Para o ano que vem, o MPS volta com mais força. Entre os prêmios para os melhores desempenhos do ano estão um carro de R$ 50.0000 e uma moto de R$ 25.000. 


MINAS POKER SERIES 2017

TORNEIO PREMIAÇÃO GARANTIDA EM 2016 PREMIAÇÃO GARANTIDA EM 2017 BUY-IN

Main Event R$ 100.000 R$ 150.000 R$ 350

6-Max R$ 15.000 R$ 20.000 R$ 230

Pot-Limit Omaha R$ 10.000 R$ 15.000 R$ 250

NOVOS TORNEIOS

One Shot Freezout -

Crazy Pineapple -

Courchevel -

MPS Super 40 R$ 40.000 -

MPS – Etapa de encerramento R$ 250.000 -




MINAS POKER LEAGUE

A MPL foi uma atração à parte no decorrer do ano. Muito mais que os R$ 10.000 destinados ao time campeão, o que se viu durante a 1ª edição da Liga Mineira foi uma disputa pela consagração, com o título sendo decidido apenas no último minuto e em grande estilo, um heads-up entre os tradicionais jogadores mineiros Fábio Issa e Frederico Nizatto. Melhor para Issa, que com a vitória deu ao título ao Locomotives, que ainda tinha o capitão Francisco Morais, Flávio Krauss, Elair Azevedo e Élber Luis.  Francisco ainda foi o MVP do torneio, garantindo assim sua vaga para a MPL 2017.


Relembre o formato de disputa

FASE PRÉ-CLASSIFICATÓRIA:
Os seis times que somaram mais pontos se classificaram para a próxima fase. Os pontos foram distribuídos através de SNGs de Omaha e No-Limit Hold’em. Os jogadores somaram pontos também ao ficarem na faixa de premiação dos torneios do MPS.

1. Locomotives

2. Red Diamonds

3. Gold Miners

4. Iron Minds

5. Imperials

6. Green Hills


FASE CLASSIFICATÓRIA:
Após a fase classificatória, apenas três times seguiram na disputa da MPL. Os critérios se pontuação foram semelhantes aos da Fase Pré-Classificatória, mas com SNGs short-handed, com apenas seis jogadores.

1. Locomotives

2. Red Diamonds

3. Imperials


FASE FINAL:
O grande campeão foi o time que somou mais pontos nos SNGs 3-handed, de Omaha e Hold’em, além dos heads-up.


CAMPEÃO:

Locomotives


O que esperar para o MPS e MPL em 2017? E para o poker mineiro? Um dos principais responsáveis pelo sucesso do Sierra Poker, Filipe Souza, diretor de marketing da casa respondeu em entrevista exclusiva para a Card Player Brasil.

Marcelo Souza: Qual o balanço você faz da Minas Poker League (MPL)?

Filipe Souza: Acho que o público recebeu muito bem a Liga. Foi surpreendente. Por ser um projeto diferente e o primeiro no Brasil, sabíamos dos desafios que tínhamos pela frente. Isso facilitou focar nos pontos mais importantes para fazer os jogadores entenderem que é algo duradouro, que veio para ficar e que a tendência é crescer muito ainda. A maior preocupação era se o público iria entender a proposta e se mudaríamos para sempre o cenário do poker — e ele mudou. Assim como os jogadores, os clubes brasileiros têm que estar preparados para essa mudança que irá transformar o poker brasileiro positivamente.

Neste ano, tivemos os times disputando o título até o final, ponto a ponto. Isso nos mostra que o modelo foi acertado, mas que pode melhorar ainda mais. Estamos preparando várias novidades para 2017, com o intuito que mais pessoas colaborem para o crescimento da MPL.

MS: E o que você diria sobre a Minas Poker Series (MPS)?

FS: O MPS vem crescendo vertiginosamente desde a sua primeira temporada. Neste ano, posso dizer que superou as expectativas. Em praticamente todas as etapas os prêmios garantidos foram superados e a competição revelou novos e importantes nomes para o poker mineiro. Com o crescimento do esporte no País, percebemos que cada vez mais encontramos jogadores com perfis diversificados, por isso todos os torneios, incluindo o Main Event da série, fizeram tanto sucesso. Para 2017, pretendemos continuar e aumentar ainda mais a diversificação de torneios, buscando atender o maior número possível de jogadores. Ouvir e sentir os anseios do nosso público foi muito importante para colocar em prática a expansão da Minas Poker Series.

MS: E o que o público pode esperar para o ano que vem?

FS: A inovação e criatividade sempre foram estiveram no DNA do Sierra Poker, o nosso diferencial, e a cada ano que passa ficamos mais animados para surpreender os jogadores. Neste momento, podemos dizer que temos um grande projeto de expansão, não só dos eventos consolidados do clube, mas de tudo que envolve a marca Sierra Poker. O ano de 2017 será o ano de ultrapassar novas fronteiras, que ainda não foram de fato exploradas por nós, mas que enxergamos um grande potencial. Isso porque entendemos que a marca Sierra vem alcançando algo muito além do clube físico em Minas Gerais.

MS: Você acha que o poker mineiro já está perto do seu apogeu ou há espaço para mais crescimento?

FS: Acredito que sempre, em qualquer situação, há espaço para o crescimento. Costumo dizer que o mercado não é para todos, mas tem espaço para todos aqueles que forem bons, dedicados e que trabalham com paixão. O importante é sempre estar em movimento, a "iniciativa" é um ótimo ponto de partida, mas o que faz diferença, se me permitem o neologismo, é a "acabativa", a capacidade de tirar um ideia do papel e transformá-la em realidade e que faça sentido para os principais atores do cenário, os jogadores.

MS: O Brasil vive uma das piores crises da sua história. Como o Sierra consegue melhorar cada vez mais seus números com um “produto” que está intrínseco à parte financeira?

FS: Muitas vezes, a crise pode se tornar sinônimo de oportunidade. Ela abre novos caminhos para se trabalhar diferente, fazer algo totalmente novo, que atenda às necessidades do público sem comprometer a qualidade do "produto". É muito importante conhecer a fundo o que você oferece as pessoas e saber implantar isso através da leitura que é feita do cenário, já que todos os dias o público quer nos dizer alguma coisa a respeito do que ele quer. Isso não é só marketing, mas comunicação também.

MS: Um recado final para os leitores da revista, que inclui muitos jogadores regulares do Sierra?

FS: O Sierra Poker Sports gostaria de agradecer a todos que nos abraçaram e confiaram (e confiam) em nós. Temos vários exemplos dessa confiança pelos vários lugares que passamos e realizamos torneios. É uma história de quatro anos, que se espalha pelo Brasil e que está apenas começando. Queremos dar a certeza para os jogadores que todo prestígio depositado em nós será revertido em projetos cada vez maiores e que contribuirão cada vez mais para o crescimento do poker.




NESTA EDIÇÃO



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2018. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123
LEIA TAMBÉM!×