EDIÇÃO 113 » ESPECIAIS

Conrad Verde e Amarelo

Brasileiros brilham no WSOP Circuit do Uruguai


Marcelo Souza

A segunda parada da World Series of Poker na América Latina foi um sucesso. O local escolhido foi o luxuoso Enjoy Conrad Punta Del Este Resort & Casino, famoso por receber muitos brasileiros durante todo o ano.

O Brasil mandou um verdadeiro pelotão de elite para Punta del Este. Foram poucos os grandes profissionais brasileiros que ficaram de fora. O resultado não poderia ser outro, título no principal torneio da grade, com Guilhermer “guimoura” Moura, dezenas de ITM, milhões de dólares em prêmios e cinco anéis dos doze distribuídos.


O PRIMEIRO ANEL BRASILEIRO – EVENTO #9 [$600 NLH 6-HANDED TURBO]

Foi com tons de drama a conquista do primeiro anel brasileiro em solo uruguaio. Marcos “wrawras” Antunes, aquele mesmo que ganhou um Spin&Go de outubro do ano passado e fez mesa final da WSOP no meio deste ano, foi o dono da festa. Depois de ter apenas seis big blinds no heads-up, ele superou o paraguaio Raul Doutreleau, levou o anel e US$ 7.000.

O torneio teve 39 entradas e outros dois brasileiros ITM, Vinicius “vinifenomeno” Teles (5ª posição – US$ 1.620) e Fernando “VC VEM!!” Araújo (3ª posição – US$ 3.100).

O fato curioso ficou por conta do paraguaio. Tendo quase 5-para-1 de vantagem no duelo final, Raul ofereceu US$ 3.000 a Marcos para encerrar o torneio e ficar com o anel. “Ele já tinha feito essa proposta no 3-handed, quando o Fernando e eu possuíamos metade das fichas dele. Claro que não aceitamos, afinal, o principal motivo de estarmos aqui é pelo anel”, contaou Marcos. “Mesmo no heads-up, quando cheguei a ter seis big blinds e seis vezes menos fichas, eu sabia que poderia vencer. Só tinha que dobrar uma vez”, revelou.

VOCÊ VEM, SEGUNDO ANEL? – EVENTO #12 [$600 NLH TURBO “$200 BOUNTIES”]

Sim, ele veio. Fernando “VC VEM!!” Araújo precisou superar 72 jogadores e as peças que o destino prega para poder ficar com os US$ 8.700 e o anel destinados ao campeão. O capixaba, gremista fanático, quase não foi ao Uruguai devido ao adiamento do segundo jogo da final da Copa do Brasil entre Grêmio e Atlético-MG, cujo ingresso ele já havia comprado.

“Eu estava desanimado de ir ao Uruguai, ir para o Brasil e depois voltar para o Uruguai novamente [para jogar o último evento da série, o Torneio Milionário], mas o Jorge Breda disse que me levaria e me buscaria no aeroporto de Montevidéu [o cassino Conrad fica em Punta del Este, a 132 km da capital uruguaia]”, disse Fernando. “Ainda bem que fui jogar. Tenho que agradecer muito ao Breda e, de quebra, vi o Grêmio sendo campeão”, completou.

WSOP CIRCUIT - MAIN EVENT

Muitas lendas do esporte já caíram, por diversas razões. Nem todas se levantam, é verdade. Mas aquelas que conseguem se reerguer, bem, suas voltas são triunfais. No poker, não seria diferente.

Em 2012, o mundo virou de Fabrizio “SixthSenSe19” González cabeça para baixo. No auge da sua carreira, então com 20 anos, ele teve seu acesso ao PokerStars bloqueado por usar múltiplas contas. “SixthSenSe19” ainda voltou a brilhar como “joacowalter”, ganhando dois relógios do SCOOP, série online do PokerStars, e US$ 250 mil dólares. Mas isso lhe custou caro. Ele foi banido indefinidamente de todos os torneios do PokerStars, tanto ao vivo quanto na internet. A punição terminou neste ano, e os resultados foram imediatos, título no SCOOP, Jogador do Ano do WCOOP, principal série de torneios online, e anel do WSOP Circuit. Sim, a estreia do WSOPC no Uruguai teve desfecho hollywoodiano em seu Main Event. 

Nem o mais entusiasta dos torcedores poderia prever que a fênix renascida ascenderia ao topo. “SixthSenSe19” coroou o ano de sua volta com um título incontestável. Melhor jogador de poker online de 2016, segundo o ranking Pocket Fives, ele dominou todas as mesas em que passou, inclusive a mesa final, que contou com dois brasileiros e outros duas estrelas do poker local.

RESULTADO FINAL

1º Fabrizio “sixthsense19” González (Uruguai) – US$ 125.157

2º Alan Mehamed (Argentina) – US$ 78.868

3º Francisco “Tomatee” Benítez (Uruguai – US$ 56.490

4º Marco Túlio (Brasil) – US$ 45.070

5º Fábio Colonese (Brasil) – US$ 34.958

6º Roberto Bianchi (Argentina) – US$ 27.305

7º Matías Carrera (Argentina) – US$ 20.560

8º Joaquín Melogno (Uruguai) – US$ 14.330


Ficha Técnica: Main Event do WSOP Circuit

Local: Enjoy Conrad Punta Del Este Resort & Casino (Punta del Este – Uruguai)

Data: 03 a 08 de dezembro de 2016

Buy-in: $1.500 

Entradas: 497

Prize pool: US$ 643.36




TORNEIO MILIONÁRIO

Na América Latina, poucos torneios têm tanta tradição quanto o famoso Torneio Milionário, a “menina dos olhos” do Enjoy Conrad Punta Del Este Resort & Casino, evento que atrai jogadores de todo o mundo devido ao grande valor destinado ao primeiro colocado, sempre algo entre 500 e 700 mil dólares.

A grandiosidade do Torneio Milionário é tamanha que, neste ano, o evento foi incorporado à grade do WSOP Circuit como uma espécie de segundo Main Event — e o Brasil dominou o torneio, com três jogadores no pódio e título para um dos donos e instrutores do Step Team, Guilherme “guimoura” Moura.

“guimoura” começou o Dia Final na penúltima colocação entre os 24 sobreviventes, com apenas seis big blinds. Mas não existe ditado mais verdadeiro no poker, para vencer um torneio de poker basta “uma ficha e uma cadeira”. Após uma recuperação impressionante, ele confirmou presença na mesa final, mas novamente em situação complicada, agora como o short stack. Mas aquele era o dia do brasileiro, depois de vencer dois flips contra o uruguaio Alejandro López, o paulista assumiu a liderança e não largou mais.  

No heads-up, contra o compatriota Josef Soued, com 80% das fichas do torneio, “guimoura” fechou a conta rapidamente. Festa do Brasil, que garantiu quase US$ 1 milhão em prêmios apenas na mesa final.

RESULTADO FINAL:

1. Guilherme Moura (Brasil) – US$ 542.683

2. Josef Soued (Brasil) – US$ 223.003

3. Wágner Araújo (Brasil) – US$ 157.809

4. Emmanuel López (Argentina) – US$ 120.578

5. Andrés Read (Argentina) – US$ 95.961

6. Eduardo Santi (Argentina) – US$ 73.418

7. Diego Justo (Argentina) – US$ 53.102

8. Alejandro López (Uruguai) – US$ 35.896

9. Ezequiel Kleinman (Argentina) – US$ 28.158

10. Eduardo García (Uruguai) – US$ 22.819


Ficha Técnica: Torneio Milionário

Local: Enjoy Conrad Punta Del Este Resort & Casino (Punta del Este – Uruguai)

Data: 08 a 11 de dezembro de 2016

Buy-in: $2.500 

Entradas: 706

Prize pool: US$ 1.875.010


CREMA, ZAGURY E MAIS DOIS ANÉIS

No apagar das luzes, o Brasil ainda conquistou mais dois anéis na parada uruguaia do WSOPC. O sócio proprietário do 4Bet Thiago “KKremate”Crema venceu o Evento #25 [US$ 5.000 NLH High Roller] e embolsou um dos maiores prêmios da série, US$ 73.000.

Já no Evento #28 [$600 NLH Turbo – $200 Bounties], o título ficou com José Zagury. Em seu primeiro torneio bounty, a cravada. Anel para Zagury e quase US$ 10.000 de prêmio.




NESTA EDIÇÃO


EDIÇÃO 113

Ano 10 - dezembro, 2016

ASSINE JÁ! ÍNDICE COMPLETO
FichasNet Garantimos o melhor negócio online na compra e venda de créditos.
RoyalPag - Comprou, jogou, ganhou, sacou!
Astropay
Aumente seu stack agora! Stack fichas
Fichas Nupano - Compra e venda de fichas online
Astropay

A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2018. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123
LEIA TAMBÉM!×