EDIÇÃO 105 » ESPECIAIS

Brazilian Series of Poker – 1ª Etapa


Marcelo Souza
A 12ª temporada da Brazilian Series of Poke (BSOP) não poderia começar melhor. Como é comum em etapas de São Paulo, recordes. O Main Event teve a maior premiação e número de entradas de uma etapa de estreia do BSOP. Foram 1.359 inscrições e uma premiação total de quase R$ 3 milhões. E para fechar com chave de ouro, um campeão digno da magnitude do evento: Kelvin Kerber.
 
Goiano, radicado em Santa Catarina e torcedor do São Paulo, Kelvin é um dos principais nomes do poker online brasileiro. Sócio-fundador de um dos times mais vencedores do poker brasileiro, o Samba Team, sua vitória solidifica ainda mais os argumentos de que o poker é um jogo de habilidade. Vivendo a melhor fase da sua carreira, ele aparece como um dos postulantes a campeão brasileiro deste ano (até o fechamento desta edição, o BSOP ainda não havia divulgado as posições do ranking. Mas com as vitórias no Main Event e em um dos eventos paralelos, definitivamente, ele larga com muita vantagem em relação aos oponentes). E se o destino gosta de finais felizes semelhantes, Kelvin tem motivos de sobra para se sentir confiante, afinal, seu antigo tutor e atual campeão brasileiro de poker, João Bauer, começou sua jornada rumo ao topo desta mesma maneira, com um título na primeira etapa do ano, em uma mesa recheada de estrelas e também em São Paulo.
 
Local: Wish Resort Golf Convention (Foz do Iguaçu – PR)
Data: 18 a 22 de março
Buy-in: R$ 2.600
Field: 938 entradas
Prize pool: R$ 1.990.070
 
DIA 1A
Entradas: 619
Classificados: 197
Chip Leader: Eduardo “Sequela” (SP) – 234.000 (195 big blinds)
 
DIA 1B
Entradas: 740
Classificados: 236
Chip Leader: João Octávio (RJ) – 287.400 (240 big blinds) 
 
DIA 2
Classificados: 433/1.359
Bolha: Leonardo Oliveira – 200º lugar
Classificados para o Dia 3: 80
Chip Leader: Thiago Decano (SP) – 1.194.000 (100 big blinds)
 
DIA 3
Classificados: 80/1.359
Classificados para a Mesa Final: 8
Bolha da mesa final: Felipe Salgado (MG) – 9º lugar (R$ 37.800)
Chip Leader: Gustavo Kamei (PR) – 8.650.000 (87 big blinds) 
 
CRÔNICA DA MESA FINAL
 
Não dá para dizer que foi a mesa final mais difícil da história do BSOP, mas levará um tempo até que se forme outra igual. Por todo seu conhecimento técnico, Kelvin jamais poderia ser considerado azarão. No entanto, ele tinha pouco mais de 20 big blinds, menos da metade que Oscar Alache, chileno bicampeão do LAPT, e Fernando “Grow”, campeão brasileiro de 2013; e quatro vezes menos que o profissional e chip leader Gustavo Kamei.
 
As odds não eram favoráveis, mas assim como no poker, às vezes, a matemática fica em segundo plano. A lógica se torna inversa e, no final, a previsibilidade não passa de uma palavra, morfologicamente falando, um substantivo.
 
Kelvin venceu e convenceu. Teve a tal sorte de campeão nos momentos certos — e a sorte de ter uma torcida enorme, enviando energia positiva de todas as maneiras e de todos os cantos. Usou todo o seu arsenal e, como diz um dos tantos jargões do poker, “bailou na mesa”. Chegou ao heads-up contra Kamei, só que agora era ele quem tinha quatro vezes mais fichas que o adversário. Kamei não teve chances. Pressionado pela enorme desvantagem, tudo em cinco minutos. A torcida foi à loucura, e Kelvin deu o primeiro grande passo para um sonho ainda maior.
 
Duração da mesa final: 8 horas e 02 minutos
Duração do heads-up: 05 minutos
 
 
RESULTADO FINAL
 
1. Rafael Pandolfo (Paraná) R$ 351.000*
2. Miguel Dolsa (Paraguai) R$ 200.000*
 3. Júnior Banck (Rondônia) R$ 200.000*
 4. Jose Luís Manso (Argentina) R$ 118.000
 5. Andrés Read (Argentina) R$ 91.930
 6. Léo Liberal (Rio de Janeiro) R$ 68.000
 7. Arthur Wolff (Rio Grande do Sul) R$ 48.000
 8. Márcio Cid (Ceará) R$ 34.700
*Pós-acordo
 
 
 
EVENTOS PARALELOS
 
HIGH ROLLER
Entradas: 95
Buy-in: R$ 7.000
1. Luiz Duarte – R$ 147.910
2. Caio Hey – R$ 102.790
3. Marcello Azevedo – R$ 67.970
6-MAX
Entradas: 223
Buy-in: R$ 1.500
1. Norson Saho – R$ 56.700
2. Mario Santin – R$ 39.390
3. Eduardo Fernandes – R$ 30.110
 
POT-LIMIT OMAHA
Entradas: 196
Buy-in: R$ 1.500
1. Afif Prado – R$ 54.710
2. Marcos Santos – R$ 36.940
3. Lucas Tabarin – R$ 25.420
 
MAIN EVENT LIGHT
Entradas: 126
Buy-in: R$ 1.300
1. Sérgio Augusto – R$ 34.240
2. Luís Quintiliano – R$ 23.140
3. Nasser Esgaib – R$ 15.040
 
 
6-MAX TURBO BOUNTY
Entradas: 82
Buy-in: R$ 3.000
1. Ivan Martins – R$ 28.950
2. Luís Kamei – R$ 18.090
3. André Akkari – R$ 12.920
 
NO-LIMIT HOLD’EM HEADS-UP
Entradas: 18
Buy-in: R$ 3.000
1. Caio Pimenta – R$ 18.500
2. Thiago Decano – R$ 13.880
3. João Bauer – R$ 6.950
 
TURBO BOUNTY
Entradas: 160
Buy-in: R$ 1.150
1. Eder Campana – R$ 17.580
2. Sérgio Augusto – R$ 11.910
3. Mateus Lessa – R$ 7.940
 
PLO DEALERS CHOICE (4/5 Cartas)
Entradas: 82
Buy-in: R$ 800
1. Fernando Silva – R$ 14.760
2. Pavel Dyachenko – R$ 10.490
3. Vinicius Souza – R$ 6.870
 
LAST CHANCE DEEP STACK TURBO
Entradas: 233
Buy-in: R$ 350
1. Pablo Vialaret – R$ 14.400
2. Antônio Junior – R$ 9.690
3. Thiago Roberto – R$ 6.830
 
 
TURBO 4 BLINDS
Entradas: 112
Buy-in: R$ 600
1. Rodrigo Caprioli – R$ 13.710
2. José Lopes – R$ 9.260
3. Adecir Filho– R$ 6.020
 
LADIES ONLY
Entradas: 35
Buy-in: R$ 460
1. Carla Draszivski – R$ 4.620
2. Flávia Furtado – R$ 3.190
3. Carla de Siqueira – R$ 2.040
 



NESTA EDIÇÃO



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2019. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123
LEIA TAMBÉM!×