EDIÇÃO 88 » ESPECIAIS

Imortais - Daniel Negreanu e Jack McClelland entram para o Hall da Fama

Tradução e adaptação: Marcelo Souza


Brian Pempus
No meio de outubro, a World Series of Poker anunciou que Daniel Negreanu e Jack McClelland foram os escolhidos para o Hall da Fama do Poker (HFP). Negreanu, que atingiu a idade exigida para se tornar elegível neste ano*, provou que algo de bom realmente acontece quando você completa 40 anos. O canadense foi escolhido logo em sua primeira indicação, algo extremante raro, para um jogador ou para um titã da indústria. 
 
Negreanu e McClelland se tornaram o 47º e 48º jogadores a serem nomeados para o Hall da Fama do Poker. Os dois faziam parte de uma lista de 11 pessoas escolhidas pelo público e, depois, escolhidos por 41 votantes, que incluem membros da mídia especializadas e todos os membros do HFP ainda vivos.
 
A disputa pela nomeação foi feroz. Os dois venceram uma lista com outros nove nomes respeitados do poker mundial: Chris Bjorin, Humberto Brenes, Bruno Fitoussi, Ted Forrest, Jennifer Harman, Bob Hooks, Mike Matusow e Huckleberry Seed, todos indicados por votação feita por fãs. Todos eles estarão elegíveis para o próximo ano.
 
A cerimônia oficial de nomeação de McClelland e Negreanu aconteceu no dia 09 de novembro, no Binion’s Gambling Hall, local onde nasceu o poker em Las Vegas, um dia antes do início do November Nine.
 
Nos últimos anos, a cerimônia era realizada no Teatro Penn & Teller — onde foi realizado a mesa fina do Main Event — neste ano, ela voltou para o Binion’s. 
 
Canadense, Daniel Negreanu se mudou pra Las Vegas quando tinha 22 anos e ali construiu sua vida. Ele é o maior vencedor da história dos torneios de poker. São quase US$ 30 milhões em ganhos em duas décadas de carreira. Principal embaixador do poker mundial e membro do Team PokerStars Pro, ele possui seis braceletes da WSOP e dois títulos do World Poker Tour (WPT).
 
Ele foi Jogador do Ano da Card Player em 2004 e 2003. Nas séries de poker por todo o mundo, Negreanu foi o melhor jogador em diversas ocasiões, o que o tornou um dos jogadores mais consistentes da história. Ele também é famoso por jogar nas mesas de cash game mais caras do mundo. Durante sua trajetória, o “Kid Poker” protagonizou mãos inesquecíveis em programas de TV como o High Stakes Poker. A pessoas gostam muito de comentar sobre o “Efeito Moneymaker”, mas não têm noção da dimensão do “Efeito Negreanu” sobre as pessoas.
 
Aos 63 anos, McClelland foi jogador semiprofissional de boliche e dealer de poker. Ele se mudou para Las Vegas em 1976 para ajudar sua mãe doente e acabou dirigindo torneios da WSOP na década de 80. De 2002 a 2013, ele comandou torneios em um dos mais tradicionais cassinos de Vegas, o Bellagio. 
 
Apesar de ter flertado com a profissão de jogador, foi na direção de torneios que ele ficou. McClelland foi extremamente influente durante o “boom do poker”, que transformou o jogo no que conhecemos hoje. Ele esteve intimamente ligado à implementação das câmeras nas mesas de poker. Ele se aposentou no final do ano passado.
 
Não são muitos que podem dizer que trabalharam com poker por quase quatro décadas, initerruptamente. McClealland pode: “Eu tenho muito orgulho por esses mais de 37 anos de jogo. Nunca houve violações de jogo ou reclamações de funcionários. Se eu conseguir fazer com que o poker evoluísse durante todos esses anos, seja nas regras ou pelas coisas que fiz, então posso dizer que tive uma carreira de sucesso. É uma honra ser colocado ao lado de tantas personalidades e jogadores do passado”.
 
Negreanu também falou sobre sua nomeação: “É uma honra inestimável ser nomeado aos 40 anos, a mesma idade da lenda Chip Reese”. Apesar de Negreanu não dirigir torneios como McClelland, ele sempre foi um voz ativa e influente nas mesas. Com dito anteriormente, seu trabalho junto ao PokerStars também foi fundamental para o poker chegara ao patamar atual. 
 
*Em 2009, em homenagem a David “Chip Reese” Reese, nomeado para o HFP em 1991, aos 40 anos, a Comissão responsável criou a “Chip Reese Rule”, que estabelecia que um jogador só poderia ser indicado para o HFP depois que completasse 40 anos. 
 
História do Hall da Fama
 
O Hall da Fama do Poker, criado em 1979, foi adquirido pela empresa Harrah’s Entertainment, juntamente com a WSOP, em 2004. Depois a Harrah’s se tornou Caesars. Atualmente, o HFP tem 23 membros vivos e, geralmente, nomeia uma ou duas pessoas por ano. No ano passado, os nomeados foram Tom McEvoy e Scotty Nguyen.
Para ser elegível para o Hall da Fama do Poker são necessários os seguintes requisitos:
 
1. Ter disputados os principais torneios de poker do mundo. 
2. Ter pelo menos 40 anos (Chip Reese Rule).
3. Ter jogado nos limites mais altos.
4. Ter jogado em alto nível, conquistando o respeito de seus colegas.
5. Ter sobrevivido ao teste do tempo.
6. Ter contribuído para crescimento e sucesso do jogo, com ações positivas indeléveis para o esporte (não jogadores).
 
 
Abaixo, a lista de todos os jogadores que já foram nomeados para o Hall da Fama o Poker (em ordem alfabética):
 
• Barbara Enright (2007)
• Barry Greenstein (2011)
• Berry Johnston (2004)
• Benny Binion (1990)*
• Billy Baxter (2006)
• Bill Boyd (1981)*
• Bobby Baldwin (2003)
• Bryan “Sailor” Roberts (2012)*
• Crandell Addington (2005)
• Dan Harrington (2010)
• Daniel Negreanu (2014)
• David “Chip” Reese (1991)*
• Doyle Brunson (1988)
• Duane “Dewey” Tomko (2008)
• Edmond Hoyle (1979)*
• Eric Drache (2012)
• Erik Seidel (2010)
• Felton McCorquodale (1979)*
• Fred “Sarge” Ferris (1989)*
• Henry Green (1986)*
• Henry Orenstein (2008)
• Jack Binion (2005)
• Jack Keller (1993)
• Jack McClelland (2014)
• Jack “Treetop” Straus (1988)*
• James Butler “Wild Bill” Hickok (1979)*
• Joe Bernstein (1983)*
• Johnny Chan (2002)
• Johnny Moss (1979)*
• Julius Oral Popwell (1996)*
• Linda Johnson (2011)
• Lyle Berman (2002)
• Mike Sexton (2009)
• Murph Harrold (1984)*
• Nick “The Greek” Dandolos (1979)*
• Phil Hellmuth (2007)
• Red Hodges (1985)*
• Red Winn (1979)*
• Roger Moore (1997)*
• Scotty Nguyen (2013)
• Sid Wyman (1979)*
• Stu “The Kid” Ungar (2001)*
• T “Blondie” Forbes (1980)*
• T. J. Cloutier (2006)
• Thomas Austin “Amarillo Slim” Preston (1992)*
• Tom Abdo (1982)*
• Tom McEvoy (2013)
• Walter Clyde “Puggy” Pearson (1987)*
 
*Falecidos
 
 



NESTA EDIÇÃO



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2019. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123
LEIA TAMBÉM!×