EDIÇÃO 88 » COLUNA NACIONAL

Maior nem sempre é melhor


Ramon Sfalsin
As apostas no poker são consideradas “pequenas” ou “grandes” quando comparadas ao tamanho do pote, ou seja, quando você estiver determinando o tamanho das suas apostas pós-flop, deverá estar sempre atento a quantas fichas há no pote.
 
É importante saber manipular o tamanho do pote a partir do flop, definindo os tamanhos das apostas que lhe deixam confortável para fazer determinadas ações no turn e no river. Lembre-se que uma aposta maior no flop deixará o valor do pote maior, consequentemente, a aposta no river e o pote total crescerão geometricamente.
 
Vamos analisar dois cenários:
No primeiro cenário, o pote tem 1.000 fichas e vamos apostar metade do pote no flop, turn e river. Se o vilão pagar todas as nossas apostas, o pote total será de 8.000 fichas. No segundo cenário, o pote também tem 1.000 fichas, mas faremos uma aposta de ¾ do pote no flop, turn e river. Diferentemente da primeira situação, o pote total será de 15.625 fichas, praticamente o dobro do cenário anterior! Portanto, é importantíssimo planejar quanto apostar no flop, já pensando também no turn e no river.
 
Quanto maior a aposta, maior deverá ser o retorno para que aposta seja lucrativa. Eu acredito que você não queira investir um capital de 8% em um produto e ter um retorno final de 6%, certo? No poker, é a mesma coisa. O quanto você está apostando (investindo) em relação ao pote total (produto) é exatamente a porcentagem mínima de vezes que você precisa ganhar a mão para que sua aposta seja lucrativa. Por exemplo: Se você apostar 100 fichas em um pote que tem 300 fichas, estará investindo 100 para um pote total (incluindo a sua aposta) de 400, ou seja, estará investindo 25% do pote total. Portanto, se você deseja blefar e acha que o oponente desistirá mais de 25% das vezes contra sua aposta, não hesite e mande bala.
 
Lembre-se que apostar de acordo com a força da mão, geralmente, é um erro grave, pois fica extremamente perceptível, para oponentes que estejam observando as suas ações na mesa, o que você está segurando. É importante manter padrões no tamanho das apostas, tanto com uma boa mão quanto blefando. Fazer uma aposta pequena, como 1/10 do pote, com intuito de blefar será quase sempre ruim porque mostra fraqueza e deixa o investimento barato para o seu oponente pagar. Já blefar apostando o dobro do pote (overbet), fará com que o seu investimento seja caro e necessitará que funcione uma probabilidade maior de vezes para ser lucrativo.
 
As apostas mais comuns dos jogadores variam de 1/3 até o valor do pote. Para facilitar, vejam o quadro abaixo: 
 
 
TAMANHO DA APOSTA QUANTIDADE DE VEZES QUE A APOSTA DEVE FUNCIONAR PARA SER LUCRATIVA
1/3 do pote 25%
1/2 do pote 33% 
2/3 do pote 40% 
100% do pote 50% 
 
Há dezenas de informações para analisar antes de determinar por qual tamanho de aposta adotar. Então vamos lá:
 
BORDO E RANGES 
As cartas no bordo não só influenciarão se você fará ou não uma aposta, como também influenciarão no tamanho da aposta. Quando há muitos draws na mesa, a probabilidade do oponente ter um deles é maior e o objetivo é fazê-los pagarem caro tentando acertar o draw. Portanto, tanto por valor quanto por blefe, em situações em que há muitos draws na mesa, vou variar minhas apostas entre metade e ¾ do pote.
 
Nesse exemplo, os blinds são 300/600, fiz um aumento para 1.200 antes do flop e o oponente no cutoff pagou. Mesmo que façamos uma aposta um pouco mais forte, há muitas combinações de mãos com as quais o oponente poderá pagar nossa aposta, como KJ-, Q-J, K-Q, todas as combinações com queda para flush e talvez T-X e 9-8.
 



NESTA EDIÇÃO



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2019. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123
LEIA TAMBÉM!×