EDIÇÃO 61 » COLUNA NACIONAL

Reajustando o range em torneios


Felipe Mojave

Nesta coluna, vou abordar um tema muito complexo e que envolve muitas variáveis: o reajuste de range de mãos.

Esse é um assunto que pode confundir muitos novatos, e talvez seja um tanto quanto básico para os mais experientes, mas, independente do seu nível de jogo, será uma leitura interessante para que seu desempenho melhore em torneios.

Todo bom jogador de poker deve dominar esse quesito. Por quê? Bom, um call que seria padrão com AQs em um all-in pré-flop, pode já não ser tão atrativo quando aprendemos a reajustar nosso range. O contrário também é verdadeiro. Por exemplo, um 7-7 que, em situações normais, você não pensaria muito em dar fold, dominando esse conceito, o call já passa a ser muito mais atrativo.

Na maioria das vezes, quando se fala em reajuste de ranges, o tema é intrínseco a “pot odds”. Mas, aqui, é melhor esquecer isso. Basicamente, esse ajuste é feito de acordo com a ação na mesa, e não apenas pelo metagame envolvido – inclusive, aqueles jogadores com os quais você se envolveu em poucas mãos podem ter papel importante para realizar esse ajuste. Fique de olho no modo como eles se relacionam com os demais adversários. Isso pode influenciar muito em suas decisões futuras.



Aqui, um exemplo bem claro do ajuste de range, tanto para valor quanto para blefe:
Em uma fase avançada de um torneio ao vivo, você aplica um reraise em um jogador. Ele empurra all-in. Você dá fold e mostra 10-10. Seu adversário vira A-A.

Na sequência, você aumenta com 4-4.  Novamente, o mesmo jogador vai all-in. Você desiste, e ele te mostra K-K.

Passadas algumas mãos, esse jogador aumenta. Agora, é você quem empurra. Qual seria o range de call do oponente? Grande ou pequeno?

A tendência é que ele não te pague com muitas mãos. Nessa situação, pelo seu histórico consecutivo de folds, sua jogada demonstra muita mais força que o normal. Se, em uma situação normal, ele daria call com 77+ e AQ+, agora, é provável que ele te pague com JJ+ e AK+ – e, muitas vezes, ele acaba largando J-J ou A-K.

Mas é necessário prestar atenção a um detalhe muito importante: você acredita que o seu oponente entende essas nuances do jogo? Ele está atento a todos esses fatores? Se a resposta for não, você pode tomar call com 7-7 e ficar extremamente frustrado. Então, um dos grandes segredos envolvendo o ajuste de ranges é saber se seu oponente também entende esses conceitos.

Contra um jogador razoável, você pode até ajustar o seu range como blefe. Ou seja, em vez de adaptar seu range real, você aproveitará uma oportunidade quando ela aparecer. Ele sabe que o seu índice de 3-bet é muito menor do que de um oponente que abre raise com mais frequência – e que mostra mãos ruins mais vezes. Assim, quando ele se deparar com seu reraise, deverá acreditar na força da sua mão e dar fold com mãos fortes.

Espero que vocês tenham gostado do assunto. Em artigos futuros, pretendo me aprofundar ainda mais no tema.



FICOU NA DÚVIDA?
Metagame – é um termo usado para definir qualquer estratégia ou método utilizado com base em fatores que extrapolam as informações visíveis.

77+, AQ+ – Terminologia usada para definir o range de mãos. Indica que todas as mãos mais fortes do que aquela que precede o símbolo “+” estão englobadas nas possíveis mãos do jogador em questão. Nesse caso específico, isso significa que o vilão deve nos pagar com 7-7, A-Q e todas as mãos mais fortes que essas duas. No caso: 8-8, 9-9, 10-10, J-J, Q-Q, K-K, A-A, AQs, A-K e AKs.

3-bet – O mesmo que reraise.





NESTA EDIÇÃO



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2019. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123
LEIA TAMBÉM!×