EDIÇÃO 109 » MISCELÂNEA

The Book Is On The Table - O Grande Malandro


Redação

Quando o assunto é o poker, poucos são os livros que têm leitura tão prazerosa quanto O Grande Malandro, uma autobiografia de Amarillo Slim Preston — campeão do Main Event da WSOP de 1972 e membro do Hall da Fama do Poker. Nele, você não vai aprender nada sobre 3-bets, 4-bets, 5-bets ou quaisquer outras técnicas avançadas do jogo, mas, em compensação, não vai conseguir desgrudar os olhos, nem por um segundo, das mais fantásticas histórias que um apostador já viveu. Entre apostas hilárias, inusitadas e até perigosas, estão personagens históricos como o traficante colombiano Pablo Escobar, o ex-presidente do Estados Unidos Lyndon Johnson, o rei da pornografia Larry Flint e outras tantas celebridades. Amarillo morreu em abril de 2012, mas seu legado e o título de "maior apostador de todos os tempos" perdurarão para sempre.

SALTO EM DISTÂNCIA EM AMARILLO 

Quando a notícia de minhas corridas se espalhou no Texas, parecia que em todo canto que eu ia havia alguém tentando montar armadilhas contra mim. E, como eu já disse muitas vezes, todos nem todo caçador usa chapéu de pele. Eu estava jogando golfe em Amarillo com um amigo chamado Alex Phillips no Ross Rogers Municipal Golf Course, que ainda está de pé na parte nordeste da cidade. Nós jogávamos dezoito buracos naquela manhã e concordamos em sair para um intervalo e voltar para jogar mais dezoito.

 

Phillips é um desses caras muito legais que não fariam mal a uma mosca e gostava de jogar apostando alguns dólares para tornar as coisas interessantes. Durante nossa segunda partida, eu notei que no terceiro buraco nós tínhamos atraído não necessariamente um espectador - nós tínhamos muitas pessoas assistindo - mas um caddy que estava seguindo meu oponente. Era um jovem negro que eu nunca tinha visto antes, o que era estranho, já que eu conhecia quase todos os caddys da cidade, principalmente nesse curso. Esse garoto parecia flutuar enquanto andava e, com aquelas pernas longas, parecia que ele corria mais que uma gazela. Então eu disse a mim mesmo: Bem, veja o que temos aqui. Provavelmente esse é um filho da mãe que pode voar.

 

Nós estávamos no quinto buraco, e Phillips começou a montar sua armadilha. “Slim”, ele disse, “você consegue correr mais do que qualquer um no curso de golfe?”

 

“E carregar você nos ombros. Isso não seria problema para mim”.

 

“Eu duvido que você corra mais do que todo mundo aqui no curso de golfe”, Phillips disse.

 

Então eu comecei a enrolar um pouco e disse a ele que tinha machucado meu calcanhar no último buraco e que não achava que poderia correr muito bem. Mas, se ele quisesse, eu apostaria com ele no salto livre, ou no que eles chamam de salto à distância nas Olimpíadas.

 

Então nós fomos até o sexto buraco, e Phillips disse: “Eu aposto mil dólares como você não consegue pular mais longe que meu caddy”.

 

Contrariando meu instinto, eu concordei com a aposta. Essa não era a primeira vez que minha boca me colocava numa situação que meu corpo não podia suportar. Então, assim que colocamos nosso dinheiro, Phillips começou a desenhar uma linha da qual você tinha que saltar, e eu sabia que precisava pensar rápido.

 

“Não”, eu disse a Phillips. “Nós estamos no curso de golfe, então vamos pular de um taco de golfe. Eu vou deitar um two-iron aqui”. Depois eu disse: “Se você pisar do outro lado dele, perde automaticamente. Sem segunda chance”.

 

“Tudo bem, não é?” Phillips perguntou, e o garoto concordou.

 

Sabendo que eu precisava usar um pouco de psicologia para ganhar essa aposta, eu fui até onde o garoto estava colocando tênis de corrida. Tênis de corrida, eu disse - parece que Phillips veio preparado e o velho Slim estava parecendo um idiota. De qualquer forma, eu me abaixei para amarrar meus tênis de golfe, e disse a esse caddy, que parecia poder pular mais longe que um sapo agitado.

 

“Você sabe quem são essas pessoas?”

 

“Sim, senhor, Sr. Slim”.

 

“Meu jovem”, eu disse a ele, “permita-me lhe dar um conselho de amigo. Phillips e seus colegas são caras duros, e se você pisar do outro lado daquele taco de golfe e perder um monte de dinheiro deles, é provável que eles chutem sua bunda indo e voltando até o riacho. Eu acho que você sequer saia desse curso de golfe vivo. Obviamente, se eu simplesmente pular mais longe que você, é uma coisa totalmente diferente”.

 

“Eles vão realmente me matar”, ele disse, “não vão?”

 

“Tome cuidado, filho, não passe da linha”.

 

Nós viramos uma moeda e, como eu tinha ganhado, fiz o garoto pular antes. Ele voltou cerca de quarenta metros, então voou de lá como uma bola de canhão, e eu fiquei feliz de não tê-lo desafiado para uma corrida. Mas assim que ele começou a se aproximar do taco de golfe, ficou muito hesitante e pulou cerca de um metro antes da marca. Ele não se atreveria a pisar naquele two-iron - não depois do que eu tinha dito.

 

Quando chegou minha vez, eu comecei a correr e, usando aquela velha forma do Wells Junior High School, pulei assim que alcancei o taco e saltei como se não houvesse amanhã. No final, mesmo com uma vantagem de um metro, eu o venci apenas por duas polegadas.

 

Esse foi um exemplo perfeito de como, mesmo quando não é favorito, você pode usar psicologia para ganhar. Eu sei que essa lição não se perdeu com Phillips quando ele me entregou mil dólares.

 

TÍTULO: O Grande Malandro – Memórias de Amarillo Slim, O Maior Apostador de Todos os Tempos (Amarillo Slim in a World Full of Fat People)

AUTOR: Amarillo Slim

NÚMERO DE PÁGINAS: 322

PREÇO: R$ 75,00

DISPONÍVEL EM: www.raiseeditora.com

 




NESTA EDIÇÃO



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2019. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123
LEIA TAMBÉM!×