EDIÇÃO 103 » MISCELÂNEA

The Book Is On The Table - Os Conselhos Mais Lucrativos Para o Texas Hold'em


Redação
Mike Caro é um dos pioneiros das estratégias aplicadas ao poker moderno. Os jogadores prestam atenção ao que ele escreve. E com razão. O “Gênio Louco do Poker” influenciou quase todos os grandes vencedores na ativa. “Os Conselhos Mais Lucrativos Para O Texas Hold’em” é vai além das táticas convencionais. Pela primeira vez, você terá acesso a um arsenal de estratégias eficientes, mas esquecidas, nunca antes publicadas. Aqui, você encontrará uma análise cuidadosa de todas as 169 categorias de mãos iniciais do hold’em. Material exclusivo, disponibilizado apenas para poucos jogadores e alguns teóricos do poker. Este livro representa a pesquisa da vida inteira de um dos principais autores de poker sobre como vencer no hold’em.
 
Dez fatores que você deve considerar sobre a sorte (p. 187)
 
2. A sorte não é necessariamente justa
 
A sua sorte não é garantia de vitória nem de derrota, não por toda vida. Ela também não decidirá se suas cartas serão vencedoras ou perdedoras. O truque é se sair melhor com a sua sorte do que outros se se sairão com a mesma sorte. A vida não é justa. Falamos sobre algumas pessoas passando anos em hospitais. Algumas até mesmo atingidas por um raio. Outras esbarram com riquezas imprevistas. O poker também não é justo. Não espere que seja.
 
Mas se você tiver habilidade e fizer com que cada decisão tenha importância, provavelmente vencerá mesmo sem a sua “cota justa” de sorte. E, na verdade, é bem provável que as cartas sejam praticamente irrelevantes ao longo dos anos. 
 
Mesmo na vida por si só, as coisas não ficam sem lucro nem perdas. Algumas pessoas definham em hospitais e outras cavalgam por belos caminhos. No poker, é possível para dois jogadores ficarem no zero a zero no mesmo jogo $75/$150 por um ano. Um poderia ganhar $150.000. Um poderia perder $150.000. Tudo seria uma sorte idiota, mas qual deles você acha que estaria dando as lições? Qual deles estaria tendo as lições?
 
6. As tendências só podem ser vistas pelo retrovisor
 
No hold’em, como na vida, sempre há coisas impressionantes que já aconteceram. Mas lembre-se que elas nunca têm qualquer influência em quais serão as próximas cartas ou eventos. Você só pode ver estas tendências pelo retrovisor.
 
8. Os jogadores que reclamam da má sorte raramente blefam
 
Quase nunca pague os oponentes que tenham tido o cuidado de apontar o seu infortúnio. Perdedores com falta de sorte prefeririam simplesmente mostrar as suas mãos ruins e perguntar “Vê o que eu quero dizer?”
 
No hold’em, um jogador que fica flush draw, mas não acerta seu flush no river, normalmente, tentará blefar. Mas se ele estiver reclamando que “nunca completa um flush”, é menos provável que ele blefe naquele momento. É mais conveniente para ele mostrar a mão sem apostar e dizer “eu simplesmente não completei outro”, na tentativa de conquistar simpatia. É por isso que você pode dar fold com mais segurança quando tal oponente apostar. É menos provável que você pegue um blefe, então tem menos motivos para o call.
 
 
TÍTULO: Os Conselhos Mais Lucrativos Para O Texas Hold’em (Most Profitable Hold’em Advice – The Complete Missing Arsenal)
AUTOR: Mike Caro
NÚMERO DE PÁGINAS: 488
PREÇO: R$ 84,00
DISPONÍVEL EM: www.raiseeditora.com
 



NESTA EDIÇÃO



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2019. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123
LEIA TAMBÉM!×