WSOP

Scott Blumstein domina FT e é o novo campeão mundial de poker

Jogador de 25 anos conquistou US$ 8,1 milhões


23/07/2017 04:37
» comente
Scott Blumstein domina FT e é o novo campeão mundial de poker/CardPlayer.com.br


Logo em sua estreia no Main Event da World Series of Poker, o norte-americano Scott Blumstein conseguiu ficar com o cobiçado bracelete de diamantes. Profissional desde 2013, o jogador de 25 anos foi o protagonista de uma das mesas finais mais esquecíveis da história do campeonato. Usando muito bem a vantagem obtida nos dias anteriores, ele superou os seus últimos oponentes com certa tranquilidade. Pela vitória, Blumstein embolsou US$ 8.150.000, cerca de R$ 25 milhões.


Último estrangeiro na decisão, o francês Benjamin Pollak ficou próximo de ser o oponente de Blumstein no heads-up. Dono de menos de 25 bbs no início do Dia Final, ele foi capaz de ultrapassar Dan Ott em pouco tempo. Segurando 88, o europeu deu o call no all-in do norte-americano. Ott mostrou AQ e logo no flop Q105 o competidor de 25 anos encontrou a carta que garantiu a sua permanência no campeonato. 


Pollak retornou ao segundo lugar em pouco tempo. Com A3, ele pensou por alguns minutos antes de dar o call no open shove de Blumstein. O líder apresentou 54 e não conseguiu acertar nada no bordo K72710.


Ott voltaria a dobrar o seu stack contra Pollak, dessa vez com A3 contra Q10 em um all-in pré-flop


Em situação crítica com 7 bbs, Pollak fez um open shove ao receber J4. Ott deu apenas o call, já Blumstein anunciou all-in. Após Ott largar as suas cartas, Blumstein revelou o seu K10. O bordo QJ767 ajudou Pollak a triplicar o seu stack.  


A despedida de Pollak ocorreu em outra mão em que o francês teve a oportunidade de triplicar o seu stack. Veja como foi:


No início do 42º nível de blinds (1.200.000/2.400.000 - 400.000), Pollak anunciou all-in de 35,2 milhões. Na sequência, Ott empurrou o seu stack de 45,8 milhões para o centro da mesa. Com mais de 280 milhões, Blumstein não titubeou e deu o call.


Showdown:

Pollak: Q10 (20,28%)

Ott: K9 (29,81%)

Blumstein: AQ (48,69%)


O flop KJ3 colocou Ott a frente. Com apenas seis outs, Pollak não encontrou ajuda no turn 4 e no river 6.


O heads-up foi praticamente um monótomo. Dono de um jogo muito pragmático, Ott permitiu que Blumstein abrisse uma grande vantagem rapidamente. Ao ficar com menos de 20 bbs, ele conseguiu dobrar as suas fichas quando o seu K9 bateu o par de seis de Blumstein. Na mão seguinte, o torneio encontrou o seu campeão. Confira:


Depois do limp de Blumstein, Ott abriu um raise para 8 milhões. Com A2, o líder anunciou all-in. Ott não correu e mostrou A8.O flop J65 e o turn 7 mantiverem Ott a frente, porém o river 2 decretou a sua queda.



Resultado Final:

1. Scott Blumstein (Estados Unidos) US$ 8.150.000

2. Dan Ott (Estados Unidos) US$ 4.700.000

3. Benjamin Pollak (França) US$ 3.500.000

4. John Hesp (Reino Unido) US$ 2.600.000

5. Antoine Saout (França) US$ 2.600.000

6. Bryan Piccioli (Estados Unidos) US$ 1.675.000

7. Damián Salas (Argentina) US$ 1.425.000

8. Jack Sinclair (Reino Unido) US$ 1.200.000

9. Ben Lamb (Estados Unidos) US$ 1.000.000

 



+WSOP



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2018. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123