BSOP

Régis “capotinha” Kogler conquista o título do BSOP Gramado

Jogador do Full Poker deixou o hotel Wish Serrano com mais de RS$ 270 mil


 

09/10/2019 12:18
» comente
Régis “capotinha” Kogler conquista o título do BSOP Gramado/CardPlayer.com.br
A festa do campeão Régis Kogler (foto: Carlos Monti)


O poker gaúcho mostrou toda a sua força no retorno do BSOP ao estado. Nos feltros da belíssima cidade de Gramado, os jogadores locais faturaram os títulos dos principais torneios. No Main Event, com uma atuação irrepreensível na mesa final, o grinder Régis “capotinha” Kogler conquistou o cobiçado bracelete de prata e um prêmio de R$ 274.100.


Líder no início da FT, “capotinha” colecionou eliminações em todo o dia. No total, ele despachou cinco oponentes, incluindo o ex-campeão do circuito João Bauer. De acordo com a cobertura do site MeBeliska, no 7-handed, direto do small, João fez um open shove de 12 big blinds. À sua esquerda, o carioca Leonardo Vilela aplicou o call com um stack um pouco menor. Com K6 contra A4, o goiano não encontrou seus outs no bordo 26QA4 e passou a ter um big blind.  


Na sequência, João anunciou all-in com KK. Luiz Hota deu o call com par de oitos, já “capotinha” fez um 3-bet que levou Luiz a optar pelo fold. Segurando A10, o líder levou a melhor no bordo A7QJ5 e decretou a queda do seu adversário. 


A próxima vítima de “capotinha” foi o também gaúcho Marcelo Ferrari. Em um all-in pré-flop, Marcelo encontrou o JJ do profissional. Dono de Q7, o short stack viu o bordo 3K94J encerrar a sua jornada no Main Event. 


Irmão do ex-campeão Leonardo Vilela, Diego foi o jogador seguinte a deixar o hotel Wish Serrano. Ao receber 22, ele fez um 3-bet shove direto do small. A ação voltou para o button “capotinha”, que deu instacall com 99. O bordo 10J76J deixou o campeonato com apenas três finalistas.  


Depois de perseguir “capotinha” durante toda a decisão, Luiz Hota teve a oportunidade de encostar de vez no seu rival. No button, ele anunciou um 4-bet all-in. “capotinha” pensou por alguns instantes antes de pagar com AJ. Segurando AK, o paranaense sofreu com o bordo 6J253 e ficou com a medalha de bronze. 


Com mais de 70% das fichas em jogo, “capotinha” precisou de poucas mãos para vencer o heads-up. Na jogada derradeira, o paulista Luiz Carlos de Oliveira pagou o all-in do líder com A9. Segurando K8, “capotinha” passou a frente no bordo 87J63 e se tornou o novo campeão do BSOP. 


Ao todo, o Main Event registrou 686 entradas de R$ 2.600, field que arrecadou uma prize pool de R$ 1.447.230. Veja quanto os finalistas receberam:


1. Régis Kogler (Ibiruba - RS) R$ 274.100

2. Luiz Carlos de Oliveira (São Paulo - SP) R$ 167.750

3. Luiz Hota Neto (Curitiba - PR) R$ 119.830

4. Diego Vilela (Rio de Janeiro - RJ) R$ 90.750

5. Marcelo Ferrari (Porto Alegre - RS) R$ 72.230

6. Michel Santos (Formiga - MG) R$ 55.450

7. João Bauer (Goiânia - GO) R$ 40.100

8. Adriano Canabarro (Novo Hamburgo - RS) R$ 27.350



Precisa de fichas? Entre em contato com a ROYALpag e receba seus créditos em 5 minutos.

 



+BSOP



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2019. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123