PCA

Espanhol Ramón Colillas crava PSPC e embolsa US$ 5,1 milhões

Jogador de 30 anos foi um dos 320 ganhadores do Platinum Pass


11/01/2019 13:33
» comente
Espanhol Ramón Colillas crava PSPC e embolsa US$ 5,1 milhões/CardPlayer.com.br
A festa do campeão Ramón Colillas (foto: Neil Stoddart)


Logo em sua estreia, o PokerStars Players Championship (PSPC) encontrou o seu “Chris Moneymaker”. Em um field repleto de profissionais renomados, quem ficou com o título foi o espanhol Ramón Colillas, jogador que participou do campeonato por conta do Platinum Pass. Ao bater mais de mil adversários nos feltros do Atlantis Resorts, nas Bahamas, ele embolsou US$ 5.100.000. 


“Muitos jogadores estavam dizendo que esse é o torneio mais importante da história, então agora eu só quero aproveitar este momento”, declarou Colillas após a histórica cravada.


A jornada de Colillas no PSPC começou ainda na Espanha. Depois de percorrer o país, ele ganhou o ranking do CEP (Campeonato Espanhol de Poker). Com o triunfo, o profissional de Barcelona se classificou para o torneio com todas as suas despesas pagas. 


Em todo o PSPC, Colillas foi um dos destaques entre os ganhadores do Platinum Pass. Na FT, ele teve a companhia de Marc Rivera, filipino que chegou ao campeonato após vencer o Main Event do APPT Manila. 


Colado no líder no início da mesa final, Rivera deixou a briga pelo título no 3-handed. Com 16 big blinds, o asiático fez um 3-bet shove direto do big. O francês Julien Martini deu instacall e mostrou AK. Dominado com A3, Rivera não encontrou seus outs no bordo Q721010.


Martini avançou para a decisão com ótimas credenciais. No início da última WSOP, ele faturou o bracelete de ouro e US$ 239.771 no Evento 4: US$ 1.500 Omaha Hi-Lo 8 or Better. Com o dobro de fichas do seu oponente, Martini viu Colillas assumir a liderança logo nas primeiras mãos do confronto. Em pouco tempo, o espanhol já havia disparado na ponta e venceu o torneio assim:


Nos blinds 300.000/600.000 com big blind ante de 600.000, Martini fez um open shove de 8,9 milhões. Com 52,5 milhões, pensou por um tempo antes de pagar e mostrar A5. Segurando J9, Martini levou a pior no bordo A9825


No total, o PSPC registrou 1.039 entradas de US$ 25.500, fied que arrecadou US$ 26.455.500, a segunda maior premiação entre os torneios realizados fora dos feltros da WSOP. Confira quanto os finalistas puxaram:


1. Ramón Colillas (Espanha) US$ 5.100.000 

2. Julien Martini (França) US$ 2.974.000  

3. Marc Rivera (Filipinas) US$ 2.168.000  

4. Scott Baumstein (EUA) US$ 1.657.000 

5. Jason Koonce (EUA) US$ 1.304.000 

6. Marc Perrault (Canadá) US$ 1.012.000  

7. Farid Jattin (Colômbia) US$ 746.000 

8. Talal Shakerchi (Reino Unido) US$ 509.000



Precisa de fichas? Entre em contato com a ROYALpag e receba seus créditos em 5 minutos.

 



+PCA



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2019. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123