WSOP

Justin Bonomo confirma fase espetacular e crava Evento 16 da WSOP

Jogador de 32 anos faturou o segundo bracelete de ouro da carreira


10/06/2018 03:51
» comente
Justin Bonomo confirma fase espetacular e crava Evento 16 da WSOP/CardPlayer.com.br
A festa do campeão Justin Bonomo (foto: Jayne Furman)


O norte-americano Justin Bonomo vive uma das fases mais impressionantes da história do poker, rivalizando com as performances de Dan Colman em 2014 e de Fedor Holz em 2016. Em visita aos feltros da WSOP, ele ganhou o seu nono título na temporada ao derrotar sete oponentes no Evento 16: US$ 10.000 NL Hold’em Heads-up Championship. Pela cravada, o craque embolsou US$ 185.965, cerca de R$ 702 mil.


Apenas em 2018, Bonomo participou de 16 mesas finais, com um ganho de US$ 14.681.541. Ao longo da sua carreira de 13 anos, ele já acumulou US$ 32.774.095 em prêmios, o que lhe deixa atrás apenas dos integrantes do Hall da Fama do Poker Daniel Negreanu (US$ 38.377.607) e Erik Seidel (US$ 34.567.415).


“Definitivamente, o primeiro bracelete foi mais especial. Eu amarguei quatro vices antes de soltar o grito de campeão. Agora, eu realmente sinto que não é preciso quebrar alguma maldição ou tirar um grande peso das minhas costas. O significado deste título é que a minha insana sequência de vitórias não foi quebrada. E eu espero que ela continue”, contou o campeão aos repórteres da WSOP.


Para subir ao topo do pódio do Evento 16, Bonomo venceu heads-ups contra David Peters, David Laka, Jake Schindler, Niall Farrell, Mark McGovern, Martijn Gerrits e Jason McConnon. No último duelo, o inglês McConnon largou na frente, mas Bonomo assumiu a ponta na sexta mão e não largou mais. Veja como foi a jogada derradeira:


Nos blinds 30.000/60.000, McConnon abriu um raise para 150.000, ação que levou Bonomo a fazer uma 3-bet all-in. McConnon deu o call e mostrou Q9. Segurando 44, Bonomo seguiu a frente após a abertura do bordo K10228.


Ao todo, 114 entradas foram registradas no Evento 16, field responsável por erguer uma prize pool de US$ 1.071.600. Confira como ficou a divisão: 


1. Justin Bonomo (EUA) US$ 185.965  

2. Jason McConnon (Inglaterra) US$ 114.933  

3. Juan Dominguez (Espanha) US$ 73.179  

3. Martijn Gerrits (Holanda) US$ 73.179

5. Jan Eric Schwippert (Alemanha) US$ 31.086  

5. Mark McGovern (Inglaterra) US$ 31.086  

5. Nicolai Morris (EUA) US$ 31.086  

5. Kahle Burns (Austrália) US$ 31.086



Siga a @cardplayerbr no instagram e fique por dentro das nossas novidades.

 



+WSOP



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2018. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123