ONLINE

Isaac Haxton fala sobre acerto com partypoker

Jogador é um dos principais nomes dos jogos high stakes


20/02/2018 13:50
» comente
Isaac Haxton fala sobre acerto com partypoker/CardPlayer.com.br
Isaac Haxton tem um ganho de US$ 16,2 milhões nos MTTs ao vivo (foto: Drew Amato/PokerCentral)


No início da temporada, a lenda do online Isaac Haxton encontrou uma nova casa ao assinar contrato com o partypoker, site que nos últimos meses reuniu uma constelação de estrelas do poker em seu time de embaixadores.


Aos 32 anos, Haxton possui um dos currículos mais invejáveis do jogo, com ganhos milionários nos MTTs ao vivo e nos cash games na internet. Em 2016, ele deixou o Team PokerStars Online por não concordar com as mudanças que o site promoveu em seu sistema de benefícios. No partypoker, o norte-americano vai ser uma peça fundamental na comunicação entre a empresa e os jogadores. 


Em bate papo com o jornalista Brian Pempus, da Card Player, Haxton falou sobre essa nova fase da sua carreira. Confira:


Brian Pempus: Como ocorreu o seu acordo com o partypoker?

Isaac Haxton: Nós começamos a conversar durante a WSOP 2017. O partypoker me contou sobre o seu desejo de montar uma equipe com os melhores profissionais de torneios e cash games, pessoas de destaque nos jogos high stakes. Eles querem ter Team Pros que vão jogar os grandes eventos televisionados e todos os super high rollers. Eu acho realmente importante reunir uma equipe de jogadores que estão entre os melhores, e não apenas profissionais que dedicam a maior parte do seu tempo a autopromoção e criação de conteúdo. Eles queriam reunir um time que priorizasse a excelência. É uma honra fazer parte disso. É definitivamente um grupo de pessoas com quem eu estou feliz em trabalhar.


PB: Voltar a representar um site lhe devolveu a vontade de viajar e jogar muitos torneios?

IH: Eu não sei se eu precisava de um patrocínio para isso. Eu amo jogar torneios ao vivo, principalmente aqueles com buy-ins elevados. Eu quase não perdi nenhum campeonato com inscrição de no mínimo US$ 50 mil desde que esses eventos se popularizaram. É bom fazer parte de uma equipe e ter destaque na TV com o patch é uma motivação extra.


BP: No que diz respeito a WSOP e a quantidade de torneios que é necessária para faturar um bracelete, esse acordo vai lhe impulsionar a jogar mais eventos ? Vencer na série pela primeira vez está no seu radar?

IH: Na última temporada eu engatei mais em cash games do que torneios em Las Vegas. Ao invés de jogar os eventos baratos com fields enormes da WSOP, eu participei de muitos campeonatos caros com poucos jogadores no Aria. Eu não sou um grande caçador de braceletes, e eu não acho que o acordo com o partypoker vai alterar isso. Eu quero jogar o poker mais rentável possível. Se significa participar de cash games pouco conhecidos, está ótimo para mim. Isso é uma coisa que eu gosto no nosso acordo. Eles entendem que antes de tudo eu sou um jogador profissional de poker. Caso eu deixe de buscar a glória na WSOP para jogar cash games que eu posso ser lucrativo, eles vão respeitar e apoiar a minha escolha. 


BP: O Big One de US$ 1 milhão está de volta à WSOP nesta temporada. Você está cogitando jogar esse evento? O campeonato ainda possui o mesmo significado e prestígio de outrora?

IH: Claro! Eu posso quase lhe garantir que eu vou jogar e que vai ser muito divertido. Quando criaram o Big One, as pessoas pensavam que era uma brincadeira. Naquela época, a maioria dos jogadores que eu conheço nem considerou tentar encontrar recursos para participar do evento. Agora existem torneios de US$ 100 mil a cada duas semanas e o mercado de action-selling está consolidado. O Big One perdeu um pouco da sua imponência, mas ainda é o principal evento high roller


BP: Levando em conta os prêmios em jogo, você cogita ficar distante dos feltros na semana que antecede o Big One?

IH: Não vou fazer nada extremo, mas vou garantir que eu durma bem nos dias anteriores. Obviamente, a preparação para um torneio de poker é diferente do treinamento para uma luta de MMA ou algo do tipo. Você não corre o risco de se lesionar. Porém eu vou fazer de tudo para estar aparecer no cassino Rio saudável e bem descansado. 


 



+ONLINE



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2018. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123