GERAL

Guilherme Nolet crava High Roller do MILLIONS Rio

Brasuca Fábio Batista deixou a decisão com mais de R$ 220 mil


24/03/2019 12:11
» comente
Guilherme Nolet crava High Roller do MILLIONS Rio/CardPlayer.com.br
A festa do campeão Guilherme Nolet (foto: Camila Ocampo)


O Brasil ficou perto de cravar mais um importante torneio do MILLIONS Rio de Janeiro. Líder no início do Dia Final do High Roller, Fábio Batista conseguiu sobreviver ao estouro da bolha e avançou para a mesa final, porém ele deixou o torneio de US$ 10.300 na sexta colocação. No total, o brasuca embolsou R$ 220.000. Veja como foi a sua despedida:


De acordo com a cobertura do partypoker LIVE, direto do big blind, Fábio fez um open shove de 11 big blinds. O uruguaio Joaquín Melogno deu o call, já o búlgaro Aleks Dimitrov anunciou all-in. Melogno então optou pelo fold. Com K9 contra AQ, Fábio levou a pior no bordo 2KQ7K.


Último sul-americano no campeonato, Melogno chegou a ter mais da metade das fichas em jogo na decisão. No 3-handed, Guillaume Nolet encostou no grinder e passou a tomar conta das ações. No bordo Q910K2, Melogno empurrou todas as suas fichas para o centro da mesa. Com um stack menor, Nolet deu o call e mostrou A5. Segurando A5, Melogno passou a ter apenas dez big blinds.


Depois de dobrar as suas fichas, Melogno se envolveu em um all-in pré-flop com Nolet. A frente com A6 contra K8, o jogador de Punta del Este viu o seu oponente formar um par de reis no bordo K210Q6.


Apesar de toda a luta, o russo Anatoly Filatov não conseguiu prolongar por muito tempo o heads-up contra Nolet. Dono de seis big blinds, o embaixador do partypoker colocou a sua sobrevivência no torneio em jogo ao sair com Q7. Nolet aplicou o call e mostrou A4. O bordo 5J10106 não alterou o cenário e Nolet faturou o título. Pela cravada, ele embolsou R$ 1,2 milhão.  


Com 97 entradas, o High Roller distribuiu R$ 3.930.000 entre onze jogadores. A ingrata posição de bolha ficou com o norte-americano Jeff Gross. Confira o resultado final:


1. Guillaume Nolet (Canadá) R$ 1.200.000  

2. Anatoly Filatov (Rússia) R$ 740.000  

3. Joaquín Melogno (Uruguai) R$ 500.000  

4. Aleks Dimitrov (Bulgaria) R$ 360.000  

5. Faraz Jaka (EUA) R$ 280.000  

6. Fábio Batista (Brasil) R$ 220.000  

7. Tomi Brouk (Finlândia) R$ 180.000 

8. Ryan Riess (EUA) R$ 140.000  

9. James Romero (EUA) R$ 100.000  

10. Aliaksei Boika (Bielorrússia) R$ 80.000  

11. Ema Zajmovic (Canadá) R$ 80.000



Siga a @cardplayerbr no instagram e fique por dentro das nossas novidades.

 



+GERAL



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2019. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123