BRASIL

Gaúcho Amauri Grutka crava primeira etapa da história do LAPC

Jogador de Passo Fundo embolsou um prêmio de 200 mil dólares


04/03/2018 22:03
» comente
Gaúcho Amauri Grutka crava primeira etapa da história do LAPC/CardPlayer.com.br
Amauri Grutka deixou o LAPC com a maior premiação da sua carreira (foto: Lucas Buffa/CodigoPoker)


O Brasil deixou claro a sua soberania no poker sul-americano na estreia do Latin Latin American Poker Championships. Nos feltros de Punta del Este, no Uruguai, o país colocou cinco jogadores na mesa final do Main Event. Com uma atuação muito sólida em toda a FT, o gaúcho Amauri Grutka puxou importantes potes nos momentos decisivos para ficar com o troféu e um prêmio de US$ 200.000. Veja como foi a mão que decretou a sua vitória.


De acordo com a cobertura do portal CodigoPoker, na primeira jogada do heads-up, com os blinds em 400.000/800.000 e antes de 800.000, Amauri abriu um raise para 3.000.000. O chinês Yi Lin, por sua vez, fez uma 3-bet para 12.000.000. Com um stack maior, Amauri respondeu anunciando all-in. Lin deu o call e mostrou AK. Segurando QQ, Grutka soltou o grito de campeão depois que o dealer virou o bordo Q10243


O primeiro brasuca a ser eliminado na FT foi Lucas Scafini. No 7-handed, ao receber par de damas, ele fez um 4-bet shove de 16 bbs. Lin, um dos agressores iniciais, deu o call e mostrou par de reis para tirar Lucas da corrida pelo título. 


Na sequência, o paulista Bruno Kawauti também perdeu todas as suas fichas. Com poucos blinds, o ex-jogador do 888poker anunciou all-in direto do small. À sua esquerda, o argentino Federico Dania deu o call e mostrou 44. Com J4, Bruno não encontrou a ajuda necessária no bordo e ficou com a sexta colocação. 


Melhor brasuca no início das ações, Marcello Azevedo foi o próximo jogador do país a deixar os feltros do cassino Enjoy. Após o raise do button Dania, ele anunciou all-in direto do big. Com K9 contra J2, o hermano seguiu a frente no bordo A6389.


Dania voltaria a tirar um brasileiro do Main Event. No 4-handed, ele abriu um mini-raise para 1.950.000, ação que levou João Simão a anunciar all-in de 12.000.000, quase 20 bbs. Com 77, Dania foi o único a pagar. Dominado com K10, João levou a pior no bordo A6437.


Ao registrar 1.137 entradas de US$ 1.100, o Main Event superou com tranquilidade a premiação garantida de US$ 1 milhão. Confira quanto os finalistas puxaram da prize pool de US$ 1.102.890:


1. Amauri Grutka (Brasil) US$ 200.000

2. Yi Lin (China) US$ 130.000

3. Federico Dania (Argentina) US$ 88.290

4. João Simão (Brasil) US$ 60.000

5. Marcello Azevedo (Brasil) US$ 40.000

6. Bruno Kawauti (Brasil) US$ 30.000

7. Lucas Scafini (Brasil) US$ 20.000

8. Francisco García (Uruguai) US$ 14.000


 



+BRASIL



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2018. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123