GERAL

Em sua estreia no WPT, Dennis Blieden conquista o título do L.A. Poker Classic

Jogador recreativo levou 1 milhão de dólares para casa


02/03/2018 12:26
» comente
Em sua estreia no WPT, Dennis Blieden conquista o título do L.A. Poker Classic/CardPlayer.com.br
A festa do campeão Dennis Blieden (foto: Joe Giron/WPT)


Um dos amadores na mesa final do L.A. Poker Classic, o norte-americano Dennis Blieden precisou de apenas 79 mãos para se tornar o novo campeão do tradicional torneio do World Poker Tour. Pela cravada, o jogador de 28 anos recebeu US$ 1.000.000, cerca de R$ 3,2 milhões.


Essa foi a estreia de Blieden no WPT, e em momento algum ele se sentiu intimidado com a presença de alguns dos principais nomes dos MTTs ao vivo. No Dia 4, ele foi vítima de mais um dos lamentáveis ataques de fúria do veterano Phil Helmmuth. Veja como foi:


Nos blinds 6.000/12.000 com antes de 2.000, do cutoff, Hellmuth abriu um raise para 30.000, ação que levou o button Blieden a fazer uma 3-bet para 68.000. Hellmuth foi o único a pagar. No flop 974, os dois competidores optaram pelo check. Em seguida, no turn K, Hellmuth fez um check-call de 58.000. Por fim, no river J,  Hellmuth voltou a passar a vez, já Blieden fez uma aposta de 129.000. Após levantar da cadeira e usar três time chips, Hellmuth anunciou o call e mostrou AQ. Segurando J10, Blieden puxou o pote e viu o seu oponente pronunciar várias ofensas. “Que p* é essa, seu pateta de m*? Sério, que p* é essa? Eles vão tirar esse título de mim com essas m*”, gritou Hellmuth.


Pouco tempo depois, Blieden decretou a queda de Hellmuth na 14ª colocação. Na FT, o campeão também foi o algoz de quatro dos seus cinco oponentes. Confira como foi a jogada que encerrou a competição:


Na segunda mão do heads-up, Toby Lewis abriu um mini-raise para 120.000, ação que levou Blieden a fazer uma 3-bet para 300.000. Lewis pensou por vários minutos antes de empurrar 750.000 para o centro da mesa. Blieden deu o call e o flop trouxe 663. Depois do check-call de 400.000 de Blieden, o turn veio com uma Q. Diante de um check, Lewis anunciou all-in de 2,2 milhões. Blieden aplicou o call e mostrou AQ. Segurando 1010, Lewis não encontrou a ajuda necessária no river 6.


Com buy-in de US$ 10.000, o L.A. Poker Classic registrou 493 entradas, field responsável por erguer uma prize pool de US$ 4.681.035. Veja quanto os finalistas puxaram:


1. Dennis Blieden (Estados Unidos) US$ 1.000.000

2. Toby Lewis (Inglaterra) US$ 600.630

3. Derek Wolters (Estados Unidos) US$ 430.210

4. Marc Macdonnell (Irlanda) US$ 319.310

5. Peter Hengsakul (Estados Unidos) US$ 244.430

6. Manuel Martinez (Espanha) US$ 186.235


 



+GERAL



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2018. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123