GERAL

Mesmo com ganho de US$ 2,7 milhões, Daniel Negreanu fecha 2017 no vermelho

Jogador gastou quase US$ 3 milhões com buy-ins


02/01/2018 13:01
» comente
Mesmo com ganho de US$ 2,7 milhões, Daniel Negreanu fecha 2017 no vermelho/CardPlayer.com.br
Daniel Negreanu é uma lenda do poker ao vivo (foto: Danny Maxwell)


A expansão dos torneios high rollers mudou drasticamente o cenário do poker ao vivo. Em recente publicação, o canadense Daniel Negreanu mostrou que mesmo faturando US$ 2.792.104 em prêmios no ano passado, ele fechou a temporada no vermelho, com um prejuízo de US$ 86.140.


“Eu publiquei uma enquete no Twitter perguntando se o meu ganho em 2017 foi o suficiente para cobrir o que eu gastei com buy-ins. Eu fiz esse questionamento porque eu acho que o meu desempenho mostra que é uma ilusão pensar que resultados assim são um grande feito. Há alguns anos, antes dos super high rollers, era certo que US$ 2 milhões em ganhos garantiria uma temporada lucrativa. Bom, a verdade é que se um jogador participar de todos os high rollers e receber US$ 2 milhões, o mais provável é que ele tenha um ano de perdas, e isso sem levar em conta todas as suas outras despesas”, afirmou Negreanu.


Na última temporada, Negreanu premiou em 21 dos 71 torneios que participou. Em quatro ocasiões ele ficou a uma eliminação de soltar o grito de campeão, incluindo no Super High Roller do WPT Five Diamond Classic, onde conquistou a sua maior premiação. Pela medalha de prata, ele recebeu US$ 936.000.


“Com o retorno do One Drop, mais uma edição do Super High Roller Bowl e outros eventos high rollers em todo o mundo, não será exagero dizer que alguns profissionais vão gastar mais de US$ 5 milhões em buy-ins. É certo que a maioria destes jogadores não entra com 100% da sua ação, mas esse não é o meu caso. Eu tenho acordos com o PokerStars e com o PokerCentral, porém essas receitas não têm ligação com os meus buy-ins. Eu é que decido os torneios que jogo e onde arrisco o dinheiro que ganho. Dito isso, eu provavelmente vou vender ação para o One Drop, uma vez que me parece loucura arriscar tanto dinheiro em um único campeonato”, contou o craque.


Negreanu ainda divulgou todos os seus números desde 2013. Confira:  


2013

Eventos: 66

ITMs: 13

ITM%: 19.7

Buy-ins: US$ 1.211.883

Ganhos: US$ 3.203.423

Lucro: US$ 1.963.500

Média dos buy-ins: US$ 18.363



2014

Eventos: 56

ITMs: 13

ITM%: 23,2

Buy-ins: US$ 3.183.926

Ganhos: US$ 10.284.090

Lucro: US$ 7.100.164

Média dos buy-ins: US$ 56.855



2015

Eventos: 49

ITMs: 11

ITM%: 22,4

Buy-ins: US$ 1.513.125

Ganhos: US$ 2.482.479

Lucro: US$ 952.920

Média dos buy-ins: US$ 30.880



2016

Eventos: 49

ITMs: 10

ITM%: 20,4

Buy-ins: US$ 1.546.355

Ganhos: US$ 300.431

Prejuízo: US$ 1.246.693

Média dos buy-ins: US$ 31.558



2017

Eventos: 71

ITMs: 21

ITM%: 29,6

Buy ins: US$ 2.874.164

Ganhos: US$ 2.792.104

Prejuízo: US$ 86.140

Média dos buy-ins: US$ 40.481



TOTAL

Eventos: 291

ITMs: 68

ITM%: 23,4

Buy-ins: US$ 10.329.453

Ganhos US$ 19.062.527

Lucro: US$ 8.733.074

Média dos buy-ins: US$ 35.96


 



+GERAL



A CardPlayer Brasil™ é um produto da Raise Editora. © 2007-2018. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.

Lançada em Julho de 2007, a Card Player Brasil reúne o melhor conteúdo das edições Americana e Européia. Matérias exclusivas sobre o poker no Brasil e na América Latina, time de colunistas nacionais composto pelos jogadores mais renomados do Brasil. A revista é voltada para pessoas conectadas às mais modernas tendências mundiais de comportamento e consumo.

Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Família - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490
contato@cardplayer.com.br
31 3225-2123